quarta-feira, 31 de março de 2010

Dança das Cadeiras em Nova Iguaçu

Sheila Gama toma posse em Nova Iguaçu e Lindberg sai pra concorrer vaga no Senado Federal

O auditório da Universidade Estácio de Sá ficou pequeno para a multidão que acompanhou, na tarde desta quarta-feira (31/03), a posse da prefeita Sheila Gama (PDT) à frente da Prefeitura de Nova Iguaçu. Sheila assume o cargo após dois anos como vice-prefeita de Lindberg Farias (PT), que renunciou ao cargo para se candidatar ao Senado Federal nas próximas eleições. Políticos, autoridades estaduais e municipais, prefeitos e militantes participaram da solenidade.

O presidente da Câmara Municipal de Nova Iguaçu, vereador Marcos Fernandes, abriu a sessão extraordinária lendo a carta de renúncia do então prefeito Lindberg Farias. O prefeito fez questão de agradecer “o apoio, o acolhimento e a confiança recebida pelo povo iguaçuano”, e lembrou que “a busca de novos objetivos, como a disputa pelo Senado Federal, estará sempre lutando pelo povo de Nova Iguaçu e da Baixada Fluminense”.

Sheila Gama, Ver. Marcos Fernandes e Lindberg Farias

Prefeita vai priorizar, dentre outros setores, educação, saneamento e o social 

Sheila Gama iniciou seu discurso fazendo agradecimentos. “A Deus, primeiramente”, assinalou. Em algumas vezes se dirigiu diretamente a Lindberg Farias e disse que as portas da prefeitura estarão sempre abertas para ele. “A prefeitura é nossa”, explicou. Sheila Gama, que começou sua vida política em 2000, como candidata à prefeitura, parabenizou o “futuro senador” pelo trabalho realizado no executivo municipal. “Ele tem fibra, garra, determinação e respeito pelo povo. Um político que não acredita e não luta pelo seu sonho, não vence. Por isso, Lindberg Farias é meu candidato ao Senado”, arrematou Sheila Gama.

Sobre seu mandato, ela pediu o apoio dos vereadores e disse que vai criar conselhos populares para uma gestão participativa, e afirmou que, como professora, vai manter um dos principais projetos da Prefeitura de Nova Iguaçu, o Bairro-Escola. “Como integrante do PDT, partido do Brizola (ex-governador do Rio de Janeiro, Leonel Brizola), que lançou esse modelo no País, tenho que ressaltar que Lindberg entendeu que a educação é a base de tudo, com o horário integral nas escolas e os cursos de pré-vestibular”, disse.

Sheila Gama citou ainda o saneamento básico, as ações sociais e o atendimento aos deficientes físicos como metas a cumprir em seu governo, pois são causas pelas quais sempre lutou. Ela encerrou o discurso com uma frase do ex-bispo Dom Hélder Câmara: “É graça divina começar bem. Graça maior persistir na caminhada certa. Mas graça das graças é não desistir nunca.”

Lindberg deixa a prefeitura emocionado e anuncia investimentos para a cidade

O ex-prefeito Lindberg Farias, que renunciou ao cargo para concorrer a senador nas eleições deste ano, se despediu de Nova Iguaçu fazendo um balanço de sua administração e anunciando novos investimentos em obras que já podem ser iniciadas, em parceria com o governo estadual, no total de R$ 308 milhões. “Este montante de investimentos melhorarão bairros importantes da cidade como Geneciano, a conclusão e urbanização da Estrada da Posse, o término do Hospital Jardim Pernambuco e as obras de infraestrutura, drenagem pluvial, esgotamento sanitário e pavimentação em Rodilândia, Inconfidentes, Cacuia, Tinguazinho e Cabuçu”, afirmou.

Lindberg lembrou emocionado os momentos iniciais da campanha na cidade em 2004, e as dificuldades encontradas nas caminhadas pelos bairros. “Esse é um momento muito difícil pra mim porque criei neste município uma relação de muita sinceridade com o povo de Nova Iguaçu e da Baixada Fluminense. Lembro que quando comecei a minha caminhada tinha apenas 2% das intenções de voto. E num processo de mobilização popular enorme conseguimos a vitória no ano seguinte. O povo de Nova Iguaçu, naquele momento, estava despejando todos os seus sonhos e esperanças no nosso mandato”, disse.

Lindberg falou do quanto foi difícil administrar o município nos últimos cinco anos e três meses. Ele afirmou que Nova Iguaçu estava com 50% da cidade com esgoto a céu aberto e que hoje “faltam apenas 10% de ruas a serem pavimentadas”. Ele lembrou ainda a grande importância da parceria com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que permitiu a realização de diversas obras com recursos oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).


Sheila Gama, Lindberg Farias e sua esposa Maria Antônia

“Sem a grande parceria com o governo federal não teríamos conseguido fazer nem 1/3 de todas as nossas realizações”, destacou o ex-prefeito, que entre suas realizações fez questão de destacar as conquistas ligadas na área da educação, com o pioneirismo do programa Bairro-Escola, o pré-vestibular gratuito em parceria com a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ), e o fato de o município pagar o melhor salário de professores do Estado, além da criação do Plano de Cargos e Salários da categoria.

Dentro das boas vindas à prefeita Sheila Gama, Lindberg lembrou de ícones já falecidos do PDT, como o ex-governador do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, e do ex-senador e escritor Darcy Ribeiro, como grandes defensores da educação integral nas escolas. “Sheila conte comigo pra tudo como um grande aliado na briga por Nova Iguaçu”.

Visivelmente emocionado, Lindberg encerrou seu discurso falando que estará no Senado Federal, mas jamais esquecerá Nova Iguaçu ou a Baixada Fluminense. “Aonde quer que eu esteja, no Senado Federal, ou em qualquer outro lugar, estarei sempre lutando por Nova Iguaçu e pela Baixada Fluminense conseguindo recursos. Quero agradecer a Deus o presente de ter sido prefeito de Nova Iguaçu, e está no meio deste povo guerreiro e trabalhador. Vou ser senador do Estado do Rio de Janeiro, mas principalmente senador da Baixada Fluminense”, afirmou.

Extraído de Assessoria de Comunicação da Prefeitura da Cidade de Nova Iguaçu
Crédito das fotos do Fotógrafo Salvador Scofano

3 comentários:

  1. Professor Rogerio Rocha, parabéns pelo Blog. Sugiro mais imagens e menos texto. Blogs também ser promovidos. Enquetes e pesqisa podem ajudar nessa tarefa. Abs, o caminho eh esse! FF

    ResponderExcluir
  2. Que venha um Senador que de fato lute pelas questões do Estado do Rio de Janeiro, em especial aos problemas históricos da Baixada Fluminense.

    ResponderExcluir
  3. Profº Rogério Rocha, boa matéria postada, sugiro por também uma sobre a intenção da nova prefeita.
    abço

    ResponderExcluir