domingo, 15 de agosto de 2010

O que os economistas pensam sobre sustentabilidade

Organização de Ricardo Arnt

288 p. - 16 x 23 cm
ISBN 978-85-7326-452-4

Lançamento em no dia 31 de agosto de 2010.


Diante dos cenários climáticos divulgados pela ciência nos últimos anos, o desenvolvimento econômico não pode mais ignorar suas externalidades e efeitos colaterais. Impõe-se à sociedade a defesa e a conservação do patrimônio natural, dos bens e dos recursos comuns.

Neste livro, quinze economistas formadores de opinião discutem as teses de sustentabilidade em entrevistas exclusivas, mostrando como encaram suas propostas, por que as aceitam ou refutam e o que consideram necessário, viável ou utópico, refletindo também sobre as críticas ambientalistas à teoria econômica.

Desse painel pluralista sobressai o consenso de que, para se alcançar o desenvolvimento sustentável, a qualidade do debate precisa evoluir e superar impasses. O que os economistas pensam sobre sustentabilidade reúne depoimentos valiosos para todos aqueles que desejem entender a fundo a nova agenda climática e as estratégias para o enfrentamento da crise ambiental que aflige o presente e ameaça o futuro.

O volume traz entrevistas com Antonio Delfim Netto, André Lara Resende, Edmar Bacha, Eduardo Giannetti, Luciano Coutinho, Gustavo Franco, José Roberto Mendonça de Barros, José Eli da Veiga, Luiz Gonzaga Belluzzo, Maílson da Nóbrega, Aloizio Mercadante, Sérgio Besserman Vianna, Pérsio Arida, Luiz Carlos Bresser-Pereira e Ricardo Abramovay.

Nenhum comentário:

Postar um comentário