quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Desemprego em setembro fica em 6,2%, o menor nível desde 2002

A taxa média de desemprego em setembro ficou em 6,2%, a menor registrada desde o início da série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2002.

O índice representa uma queda de meio ponto percentual em relação a agosto (6,7%) e de 1,5 ponto percentual na comparação com setembro de 2009 (7,7%).

A população ocupada nas seis regiões metropolitanas pesquisadas (São Paulo, Rio, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Porto Alegre) foi estimada em 22,3 milhões de pessoas, uma alta de 0,7% em relação a agosto e de 3,5% em relação a setembro de 2009.

A população desocupada nestas localidades ficou em 1,5 milhão, uma redução de 7,5% em relação a agosto e de 17,7% no acumulado do ano.

Segundo o IBGE, o número de trabalhadores com carteira assinada nas seis regiões ficou estável em setembro, chegando a 10,3 milhões - uma alta de 8,6% no ano.

Já o rendimento médio real habitual dos trabalhadores, de R$ 1.499,00 em setembro, subiu 1,3% na comparação com agosto e 6,2% no acumulado de 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário