quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Vale recebe inscrições para o programa de especialização profissional até o dia 31


RIO - Estão abertas as inscrições para o Programa de Especialização Profissional 2011 da Vale. Este ano, o programa irá oferecer pós-graduações em três modalidades distintas: mineração, ferrovia e porto. Ao todo são 133 vagas, divididas em quatro turmas, que terão início no primeiro semestre do ano. Os interessados podem ser inscrever até o dia 31, no site da empresa . Os selecionados receberão uma bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 3,2 mil durante os meses de formação.

O objetivo do programa é desenvolver profissionais através de um curso de especialização nas áreas em que a empresa atua para suprir a crescente demanda por mão de obra especializada. Nos últimos três anos, a empresa formou 465 alunos e o índice de contratação supera os 80%. Para se candidatar, o profissional deve ter até três anos de formado em engenharia, nas seguintes modalidades: civil, elétrica, eletrotécnica, eletrônica, eletroeletrônica, mecânica, mecatrônica, meio ambiente, segurança, telecomunicações, automação, produção, metalurgia e de minas. Para a pós-graduação em mineração também serão aceitas inscrições de profissionais formados em geologia.

Os participantes devem ter disponibilidade para morar no local onde acontecerão as aulas teóricas e práticas e inglês intermediário.

Do total de vagas, 59 serão para pós-graduação em ferrovia, divididas em duas turmas. Os cursos acontecerão em São Luís, no Maranhão, e em Vitória, no Espírito Santo. Com 420 horas, a formação oferecerá ao aluno a possibilidade de se aprofundar em temas como operação ferroviária, mecânica de vagões e locomotivas, sinalização e controle de tráfego, prevenção de descarrilamento, entre outros.

Para pós-graduação em porto, serão oferecidas 40 vagas e a turma acontecerá em São Luís, no Maranhão. O curso terá 390 horas e a grade curricular irá focar nos seguintes módulos: transporte marítimo, planejamento e operação portuárias, manutenção de porto, estruturas hidráulicas e legislação portuária, entre outros.

Em mineração, serão 40 vagas, e as aulas acontecerão em Ouro Preto, em Minas Gerais. Em parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), o curso terá 420 horas e possibilitará o aluno uma visão sobre os processos de mineração, beneficiamento de minério, pelotização, manutenção de mina e processos de logística e operações portuária.

Após a análise curricular, os candidatos farão provas de inglês e raciocínio lógico. Na etapa seguinte, haverá redação, dinâmica de grupo e entrevista pessoal. Todas as etapas são eliminatórias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário