quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

O Primeiro IPO de 2011, a Arezzo sai na frente


Ação da Arezzo estreia com ganho de dois dígitos na bolsa

IPO* da Arezzo dá largada para as aberturas de capital previstas para 2011

O presidente da BM&F Bovespa, Edemir Pinto, vê o setor de varejo como "coqueluche" da bolsa em 2011. Nesta quarta-feira (2/2) iniciaram-se as operações dos papéis da Arezzo, sob o código ARZZ3.

Aproveitando o próprio aniversário e os eventos da São Paulo Fashion Week, Anderson Birman, presidente da Arezzo, era só sorrisos na cerimônia da BM&F Bovespa na manha desta quarta-feira.
IPO da Arezzo dá largada para as aberturas de capital
 previstas para 2011
"Temos na companhia a cultura de que cada vez que alcançamos uma meta, temos um novo patamar para a próxima", ressaltou o executivo em seu rápido discurso no qual preferiu valorizar o histórico da companhia a seus números e resultados.
Foi o presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto, quem valorizou os negócios e as perspectivas para os papéis da companhia. Na visão dele, o setor deverá ser a "coqueluche" de 2011, mesmo após fortes resultados no ano passado.
"O setor de consumo é fundamental para o crescimento desse país", aponta.
Destacando a onda de abertura de capitais prevista para o ano de 2011, o presidente da BM&FBovespa entende que o setor deve ser o grande destaque, ainda que haja outras empresas no setor de petróleo e gás sinalizando expansão.

"Esse é o segmento que vai decolar esse ano. Desde o ano passado, o Brasil mostrou a força nesse segmento."

A respeito dos papéis da empresa calçadista, Pinto disse: "Não poderíamos começar o ano melhor". "Foi uma operação de pleno sucesso, que está no topo da faixa", avalia o presidente da BM&FBovespa, lembrando que as ações foram precificadas na oferta inicial de ações (IPO) no teto das estimativas, que oscilavam entre R$ 15 e R$ 19.

"Não poderíamos estar começando essa retomada de forma melhor".

A empresa calçadista deve levantar aproximadamente R$ 560 milhões com a operação.

Empresa

No seu discurso, Edemir destacou a operação da companhia, ressaltando as quatro marcas sob sua administração: Arezzo, Schultz, Anacapri e Alexandre Birman (marca que leva o nome do vice-presidente e filho do presidente da empresa, Anderson Birman).

Além das 27 lojas próprias, a companhia conta com 260 franquias espalhadas pelo Brasil, mais outras sete no exterior. Os produtos da marca também são vendidos em 1,6 mil lojas multimarcas em todo o território nacional.

"Esse pessoal da Arezzo entende muito de bolsa", brincou o presidente da BM&F Bovespa.
As ações da companhia encerraram o dia com valorização de 11,84%, aos R$ 21,25. Na contramão, o Ibovespa, principal índice de ações do país, recuou 1,71%, para 66.688 pontos.


* IPO = Oferta pública inicial, usualmente referida como IPO (do inglês Initial public offering) é o evento que marca a primeira venda de ações de uma empresa no mercado de ações. Seu principal propósito para empresas novas/pequenas é levantar capital pela sociedade para utilizar como investimento para expansão da empresa, porém também ocorre em empresas/corporações maiores por motivos de alavancagem. O maior IPO do mundo foi registrado pela Bovespa, na captação do banco espanhol Santander no valor de 14 bilhões de reais para ser investido no Brasil. Para entender como acontece um IPO no Brasil, destaca-se a Instrução 400 da CVM.

Clique no link para entender e conhecer a normativa da CVM http://www.cvm.gov.br/asp/cvmwww/atos/exiato.asp?file=%5Cinst%5Cinst400.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário