quinta-feira, 17 de novembro de 2011


Inflação pode ter alívio de até 0,3 ponto com reponderação do IPCA 

A inflação de 2012 poderá ter um alívio de 0,15 a 0,3 ponto percentual apenas por conta da nova ponderação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a ser feita com base na Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) de 2008/2009. Não é muito, mas é um refresco que pode ajudar o IPCA a ficar mais perto - ou menos distante - do centro da meta do ano que vem, que é de 4,5%. Os analistas ouvidos semanalmente pelo BC projetam inflação 5,56% em 2012. O IBGE anuncia a nova ponderação na última semana deste mês.

.A Tendências Consultoria acabou de revisar sua estimativa para o IPCA em 2012 de 6% para 5,6% em parte devido ao impacto previsto com essa mudança. O economista Thiago Curado calcula que a nova ponderação pode aliviar o indicador entre 0,2 e 0,3 ponto percentual, especialmente por causa da expectativa de que alguns itens do grupo comunicação ganhem mais peso no IPCA. É o caso de telefonia celular, acesso à internet e TV a cabo. Segundo Curado, eles ganharam mais participação na cesta de consumo dos brasileiros e andam sistematicamente abaixo da inflação "cheia". Curado afirma ainda que o peso do aluguel - que em geral sobe mais do que o IPCA "cheio" - pode diminuir.

O economista Francisco Pessoa, da LCA Consultores, acredita que poderá haver redução de até 0,2 ponto, levando em conta o impacto que se deu em 2006, quando o IPCA foi reponderado com base na POF de 2002/2003. Naquela ocasião, perderam importância os grupos alimentos e bebidas, habitação e transportes. Comunicação e educação ganharam. Ele usou três métodos para estimar o efeito da mudança da ponderação de 2006 sobre o IPCA, que mostraram alívio entre 0,14 e 0,2 ponto. Segundo ele, é possível que a projeção da LCA para o IPCA de 2012, de 5,2%, seja levemente rebaixada, por conta da mudança a ser anunciada no fim do mês.

Autor(es): Por Sergio Lamucci | De São Paulo
Valor Econômico - 17/11/2011 www.valoronline.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário