sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Grande negócio no ramo alimentício mundial

Warren Buffet e Jorge Paulo Lemann compram Heinz



Berkshire Hathaway e 3G Capital anunciaram acordo 3G Capital tem entre os sócios os brasileiros controladores da AB InBev.


O fabricante norte-americano de condimentos Heinz anunciou que chegou a um acordo para vender seu capital para as empresas de investimento Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffet, e 3G Capital, por US$ 28 bilhões – valor que inclui a dívida da companhia. O montante equivale a US$ 27,50 por ação – prêmio de 20% sobre o fechamento no pregão de quarta-feira.

A Heinz afirmou que a operação é a maior já realizada na indústria de alimentos. O valor do negócio é equivalente a US$ 72,50 por ação da Heinz.

A fabricante norte-americana de alimentos não informou a parcela desembolsada pela Berkshire e pela 3G, que tem entre os sócios os brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira. Os dois últimos são membros do conselho da rede de fast food Burguer King e da maior cervejaria do mundo, a Anheuser-Busch InBev.

No Brasil, a Heinz é dona da marca Quero Alimentos, depois de pagar cerca de R$ 1 bilhão por 80% da companhia há cerca de 2 anos.

"É meu tipo de negócio e é meu tipo de parceiro", afirmou Buffett à rede CNBC. Ele acrescentou que a Berkshire e a 3G Capital serão sócios em partes iguais na Heinz. Segundo a CNBC, cada sócio vai contribuir com US$ 4,5 bilhões em recursos para a compra.

A Heinz informou que o acordo será financiado com recursos da Berkshire e da 3G, além de rolagem de dívida e financiamento dos bancos JP Morgan e do Wells Fargo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário