quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Argentina vai importar tomate do Brasil

Objetivo é garantir abastecimento e evitar o aumento de preços no país.

Em meados de 2013, alimento foi considerado o 'vilão da inflação' no Brasil.

Para evitar o aumento de preços do tomate no seu país, o governo da Argentina decidiu importar o alimento do Brasil, conforme aponta nota divulgada pela Casa Rosada nesta quarta-feira (8).

O país recorrerá à importação para garantir o abastecimento e os preços do tomate, que, "por circunstâncias de estação", terá sua oferta reduzida nos próximos dias.

"A presidente Cristina Fernández de Kirchner orientou o ministro da Economía, Axel Kicillof, que, por meio do Mercado Central, libere a importacão de tomates do Brasil para garantir o abastecimiento e o preço e, se possível, a um valor menor", disse, em nota, o chefe de gabinete do governo, Jorge Capitanich.

Em meados de 2013, o tomate foi considerado o "vilão da inflação" no Brasil. Em julho, por exemplo, o alimento registrou um aumento médio de 94% no Rio de Janeiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário