quarta-feira, 2 de novembro de 2016

O futuro dos treinamentos corporativos

O e-learning representa o futuro da educação na era digital

Investir em treinamentos dentro da sua empresa é uma necessidade e pode ser mais barato do que você imagina. Muitos gestores estão migrando suas áreas de treinamento tradicional para o e-learning. Isso faz muito sentido principalmente quando vemos a realidade da educação no mundo e o crescimento das plataformas de cursos MOOCs. 

MOOC é um modelo de curso que utiliza a Internet para atingir um grande número de pessoas com cursos livres em diversas áreas ou até mesmo extensões universitárias com certificados reconhecidos pelas grandes instituições de ensino do mundo. 

Os primeiros MOOCs surgiram entre 2007 e 2008, mas estudiosos apontam que a modalidade realmente ganhou força em 2011. No Brasil, temos plataformas como a Veduca e a Eduk. Outro MOOC que vale destacar é o Miríada X, que reúne cursos de grandes universidades espanholas, portuguesas e brasileiras.   

As empresas de tecnologia foram as primeiras a perceberam os MOOCs como alternativa para seus treinamentos internos. No Brasil, encontramos empresas que já investem nesse tipo de tecnologia, por ser mais barato do que cursos presenciais e mais fácil de serem acessados pelos colaboradores. 

Defendo a utilização do e-learning como uma maneira de manter seus funcionários sempre atualizados e para projetar sua empresa como uma organização que está sempre atenta às novas tecnologias. O Grupo Telefonica tem realizado um trabalho interessante com a plataforma Learn4Sales, MOOC corporativo com foco em capacitar e certificar vendedores internacionalmente. 

Independente das iniciativas das empresas, os profissionais têm procurado por conta
própria fazer cursos on-line. Das 13 milhões de contas existentes no Courssera, 550 mil são de brasileiros, o que nos coloca na quarta posição geral, atrás apenas de Estados Unidos, China e Índia. Este é um número extremamente expressivo, principalmente quando levamos em conta os poucos conteúdos disponíveis em português. 

Por isso acredito que as empresas devam investir pesado nesse tipo de treinamento, já que podem facilmente criar treinamentos internos para setores específicos ou até mesmo lançar sites com conteúdos abertos para a população.

Mais do que uma moda, acredito que o e-learning representa o futuro da educação na era digital. Ganha a empresa que entender isso antes e já investir em novos programas de treinamento. 

Este artigo é de autoria de Luiz Alexandre Castanha, administrador de Empresas com especialização em Gestão de Conhecimento aplicado a Educação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário